O que é um Seguro de Vida Crédito Habitação?

O que é um Seguro de Vida Crédito Habitação?

Um seguro de vida é um contrato entre uma companhia de seguros e uma ou mais pessoas. Através deste contrato a(s) pessoa(s) segura(s) transferem a responsabilidade do pagamento do crédito em consequência do acionamento de uma cobertura contratada. No caso específico do crédito habitação, a(s) pessoa(s) segura(s) passam para a seguradora a responsabilidade da liquidação do montante em dívida e vêm assim garantida a sua segurança financeira. Esta transferência de risco obriga ao pagamento de um valor que é denominado de prémio de seguro.

O Seguro de vida Crédito habitação é obrigatório?

Este é um dos grandes equívocos. O seguro vida crédito habitação não é obrigatório por lei. No entanto, acontece que os bancos impõem a contratação de um seguro de vida para conceder o crédito. Logo, acaba por ser praticamente obrigatório ter o seguro de vida apesar de por vezes os bancos isentarem esta obrigatoriedade – por exemplo, se contratar um crédito habitação em idade mais avançada, poderá requerer a isenção deste seguro e há vários bancos que o permitem.

É obrigatório contratar o seguro Vida Crédito habitação no seu banco?

Não, não somos obrigados a contratar o seguro de vida crédito habitação na seguradora do banco. Pode acontecer que não tenhamos a bonificação no spread. No entanto, se pensarmos bem, qual o motivo para que o banco queira baixar o spread para termos lá o seguro de vida? Na lógica de “Ninguém dá nada a ninguém”, o banco baixa ligeiramente o spread mas ganha muito mais dinheiro no seguro de vida. E ganha não só no início, mas ganha mais à medida que vamos envelhecendo, pois, o prémio do seguro vida crédito habitação tende a aumentar bastante com o tempo.

Posso mudar o meu seguro de vida para outra seguradora?

Se já tem um crédito habitação em curso saiba que tem a possibilidade (Protegida por lei!) de mudar o seguro para outra seguradora. Este é o típico caso de se fazer contas. Comparar a poupança do seguro de vida com a eventual subida do spread (tenha em atenção que vários bancos deixam que mude o seguro sem agravar o spread). Nestes casos, será mesmo de mudar o seguro de vida.

Quais as diferentes coberturas do seguro de Vida Crédito Habitação?

Os seguros de vida não são todos iguais. Distinguem-se numa série de variáveis como as exclusões e coberturas. Podemos destacar dois grandes grupos de coberturas do seguro de vida habitação:

Invalidez Total e Permanente (ITP)

A Cobertura de ITP é a cobertura mais abrangente do mercado pois pode ser acionada quando a pessoa segura tiver registado um sinistro que resulte num nível de incapacidade a partir de 60%. Tenha em atenção que também aqui podemos ter dois tipos de invalidez e que são muito diferentes. É possível ter a cobertura para todas as profissões ou equiparadas, ou só para a profissão. Para perceber melhor, deixamos-lhe um pequeno exemplo: imagine a situação de um médico cirurgião, se este médico tiver um acidente e perder um membro superior, não vai poder continuar a ser médico cirurgião, mas pode continuar a ser médico.

Invalidez Absoluta e Definitiva (IAD)

Esta cobertura é muito restritiva, pois obriga a que a invalidez resulte num grau de incapacidade muito elevado e que necessite do apoio de terceiros para suprir as suas necessidades essenciais. (Não aconselhamos que se faça)

Como é determinado o prémio do seguro Vida Crédito Habitação?

O cálculo do prémio do seguro, conhecido vulgarmente por preço é algo que também não é compreendido em absoluto pelos clientes. Existe alguma confusão que também é motivada pela diferença de critérios entre companhias.

Em linhas gerais, podemos destacar 4 grandes fatores que condicionam a atribuição de um preço ao seu seguro de vida habitação:

1 – Capital em dívida – Quanto maior o capital a segurar maior será o risco que a seguradora assegura pelo que maior terá de ser o prémio a pagar.

2 – Idade das pessoas seguras – O cálculo do prémio é um cálculo de probabilidades que tem em conta a esperança média de vida das pessoas num determinado país. Assim, quanto maior for a sua idade maior a probabilidade de existência de um sinistro que cause a necessidade de indemnização. Logo, maior o prémio a pagar.

3 – Saúde – O estado de saúde da pessoa a segurar, também tem um impacto no preço, na medida em que pode aumentar a probabilidade de sinistro.

4 – Profissão – Existem profissões com maior grau de risco. Por exemplo, Forças Armadas, Policias, Bombeiros, Pirotecnicos, etc, têm um prémio agravado pois o risco de morte ou de invalidez aumenta.

Evolução do prémio ao longo do contrato

Muitas vezes somos confrontados com um prémio que aparenta ser muito interessante, mas que esconde uma realidade menos agradável. Com a evolução do contrato e com o nosso envelhecimento o prémio evolui e muitas vezes sobe de forma descontrolada. Assim, é recomendável que se analise a evolução do prémio ao longo de todo o contrato para garantir que temos a melhor relação prémio/cobertura.

 Existem formalidades médicas no seguro de vida?

As formalidades médicas são uma das grandes mais-valias dos seguros de vida. Podem ser recebidas com maus olhos por muitos clientes, mas a exigência de formalidades médicas deveria ser vista como algo positivo. O motivo é simples. Estas formalidades médicas salvam vidas e devem ser consideradas como um check-up médico gratuito. Pela sua importância repetimos. Muitas vezes as companhias de seguros salvam a vida aos seus clientes ao detetar doenças que necessitam de intervenção médica urgente.

Tipicamente existem capitais e idades mínimas a partir das quais os exames requeridos são mais completos. Neste ponto a exigência das seguradoras é mais ou menos homogénea.

Os seguros de vida são todos iguais?

Não, não são, cada companhia de seguros tem a sua abordagem diferente ao mercado. Algumas companhias apostam de forma mais agressiva na cobertura de IAD. Outras preferem ser mais competitivas no que diz respeito à evolução do prémio ao longo do contrato. Outras ainda, tornam-se mais competitivas em determinadas faixas etárias, etc.

Nós que somos mediadores profissionais prezamos por analisar cada caso em concreto e aconselhamos de forma profissional o melhor seguro atendendo ás reais necessidades de cada cliente.